#Instadore: Gisele, décor, looks e o dog Spike

20 Abr 2015 — por Bárbara Resende

Fashion week em SP, despedida da Gisele, fashion week na Austrália…tudo isso movimentou o instagram com cliques de eventos, looks e décor. E mais!

Alguém mais chorou no desfile de despedida da Gisele?! Eu tinha que colocar uma foto dela e a princípio eu separei duas que ela mesma tinha postado. Porém, a de Patrick Demarchelier (quem se lembra dessa imagem?) foi a escolhida, sem arrependimentos! Adoro o clima de semanas de moda pois não é só passarela: tem os eventos, looks, cliques de backstages…todo o lifestyle desses dias, que sinto saudades! Agora uma das minhas fotos preferidas dessa semana sem dúvida é do Spike: o Jack Russel da família da Marcela Caio! Ele já tinha ganhado meu coração quando apareceu numa foto do post sobre a decoração da casa da família da Marcela: não é irresistível essa carinha??

Até semana que vem, com mais imagens inspiradoras!

SPFW verão 2016: 24 looks incríveis dos desfiles

20 Abr 2015 — por Bárbara Resende

living-gazette-barbara-resende-moda-desfile-spfw-verao16-gig-couture

Hoje bateu aquele arrependimento: vendo minucionsamente as fotos de todos os looks, de todos os desfiles da edição verão 2016 do SPFW, me culpo por não ter feito posts durante os 5 dias do evento. Resultado: muitas coleções incríveis e dezenas de imagens que tive que editar para um post só.

A verdade é que depois de algumas edições bem mornas – a última que eu fui foi em 2013 – o SPFW parece estar com um novo fôlego, com mais desfiles (foram 38 desfiles; a maioria de marcas que não estavam no line-up 2, 3 anos atrás), coleções bem bonitas e voltando a ter mais destaque na mídia. E me fez querer estar lá, como antigamente! Para suprir um pouco a vontade, aqui estão os meus 24 looks preferidos: aqueles que me dão vontade de usar já! Alguns mais glamurosos, outros mais dia-a-dia, mas todos irresistíveis. Ah, e o look que abre esse post é o meu favorito dos favoritos: a Gig Couture fez uma coleção com uma cartela de cores maravilhosa e como não resisto a um lurex e tons pastel, essa produção ganhou meu coração – e olha que a concorrência não estava fácil!

 

No geral as coleções estavam bem femininas, com muitos bordados, flores aplicadas, brilho, leveza, transparência, decotes interessantes (um ombro só está de volta), renda, vestidos em formato A… tudo que mais gosto!

Não é pra querer se produzir um pouco mais todo dia?

Lançamento especial! As porcelanas italianas de Richard Ginori na Theodora Home

16 Abr 2015 — por Bárbara Resende

living-gazette-barbara-resende-decor-mesa-lancamento-porcelanas-richard-ginori-theodora-home

Um trabalho único, uma marca super tradicional e peças de tirar o fôlego: as porcelanas italianas de Richard Ginori enobrecem qualquer mesa. Pintadas à mão, as peças podem ter detalhes ainda mais especiais, como bordas de ouro e o nome da família no verso. A marca está retornando ao Brasil e a Theodora Home é uma das responsáveis e parceiras por esta volta: “Quando estive na Maison & Objet em Paris vi elas sendo pintadas, de fato à mão, uma a uma, é um trabalho artesanal que quase não existe mais… as douradas o friso na borda é ouro mesmo. Vamos fazer um trabalho super bacana com a Ginori” conta Marcela Caio, fundadora da Theodora Home, animada com a novidade.

E a primeira linha a chegar na loja é a Oriente Italiano, criada em 1735! Essas peças estão presentes nas casas reais mais importantes e vem em diversas cores – ao todo são 10. São simplesmente maravilhosas!

living-gazette-barbara-resende-decor-mesa-lancamento-porcelanas-richard-ginori-theodora-home-lancamento

Os pratos são vendidos em conjuntos de 6 unidades, já as xícaras, de 2. Vale montar o conjunto com pratos rasos e de sobremesa iguais ou diferentes: eu vou no azul com prato rosa!  As outras cores dessa linha também podem ser encomendadas pela Theodora Home! Fica difícil escolher assim!

living-gazette-barbara-resende-decor-mesa-lancamento-porcelanas-richard-ginori-colecao-theodora-home

Segundo a Marcela, além dessas peças super clássicas, a marca vem lançando outras mais modernas, geométricas. “Uma curiosidade: quando se quer encomendar um aparelho completo de uma coleção, este pedido vai com antecedência para Itália, e podemos pedir para que o nome da família venha pintado na parte de trás de cada peça, como por exemplo: 

Fatto a mano

Famiglia Pereira de Souza”

living-gazette-barbara-resende-decor-mesa-lancamento-porcelanas-centro-mesa-richard-ginori-theodora-home

Eu amei esses centros de mesa! Tem 21×21 cm e imagina eles em cima de uns livros de arte, no aparador, na mesa de centro ou até no criado-mudo ou penteadeira para colocar aquelas bijoux do dia-a-dia? Um de cada, por favor!

E já tem novidade vindo por aí: para o dia das mães, a Theodora recebe duas novas linhas, e uma terceira chega em junho. Um preview das peças que em breve estarão na loja:

living-gazette-barbara-resende-decor-mesa-lancamento-porcelanas-richard-ginori-theodora-home

Elevando o padrão para as louças de casa!

Parabéns Marcela e sua Theodora Home por trazer peças tão lindas e especiais!

Protetor solar facial toque seco: Anthelios Airlicium, La Roche-Posay

16 Abr 2015 — por Bárbara Resende

living-gazette-barbara-resende-beleza-protetor-solar-toque-seco-la-roche-posay

O maior motivo que me fez neglicenciar o uso diário – e não só na praia – do protetor solar antes de sair de casa não era a preguiça nem o esquecimento e sim a textura oleosa, que por mais leve que seja, causa aquele desconforto na pele. Mas a falta desse produto fez diferença: hoje tenho manchas causadas pelo sol que nem os cremes que já usei para clarear, resolveram. Consciente de que não dava mais para deixar a proteção solar de lado (“wear sunscreen“, já dizia aquele famoso texto motivacional), comecei a usar há alguns meses, o Anthelios Airlicium da La Roche-Posay. Foi a solução: na embalagem já diz gel-creme toque limpo, mas ainda não acreditei muito. Pois bem, realmente esse protetor solar parece invisível na pele. Pode passar BB Cream, primer, base, corretivo e o que mais quiser depois dele, você não sente a textura do protetor. Toque seco de verdade, que dura ao longo do dia. É claro que espero um minutinho antes de seguir com a maquiagem, para dar tempo do protetor secar melhor, mas nada que me atrapalhe ou atrase. E olha que ele é bem denso, não é em gel (talvez só a textura final) e sim em creme, branco e um pouquinho já rende bem. Custa em torno de R$ 60 (o valor vale pelo produto e pela durabilidade) e pode ser encontrado em grandes farmácias.

“Se eu pudesse dar um conselho em relação ao futuro , diria: Usem filtro solar.”

Inspirada por: tons de rosa da sala de Arianna Huffington

15 Abr 2015 — por Bárbara Resende

living-gazette-barbara-resende-decor-sala-arianna-huffington

Me vi encarando por muito tempo e várias vezes essa foto da sala da empresária Arianna Huffington, em uma matéria para o site The Coveteur: as nuances de rosa que ocupam o sofá, almofadas e quadros na parede, combinadas a dourado deixaram a decoração mais delicada, um estilo feminino sem exageros, mais adulto, de bom gosto. Eu tinha que colocar essa imagem aqui no blog de alguma maneira, para mostrar que fugir do sofá cinza, bege ou marrom pode ser muito mais interessante para o décor da sala!

living-gazette-barbara-resende-decor-sala-arianna-huffington-tons-coral

As almofadas de veludo – um convite para se acomodar –  trazem mais uma vez o dourado e rosa da cartela de cores, mas em outros tons, para não ficar tão certinho. As mesas laterais são vistosas, bem clássicas e não passam despercebidas. O pufe de couro caramelo faz a vez de mesa de centro e acomoda livros e caixas. É um estilo clássico mas mas não tão ao pé da letra, com uma certa releitura, que deixa a estética mais atual.

Bom, procurei enlouquecidamente mais fotos desse apartamento que fica no Soho mas foi em vão… porém não desisti: assim que encontrar algo a mais, coloco no blog, certeza. A Arianna é uma super mullher de negócios, uma espécie de Oprah Winfrey, e estou curiosa para ler seu livro, Thrive (em inglês) ou A terceira medida do sucesso (em português), onde relata sua experiência com o excesso de trabalho e o quanto a sociedade atual tem uma visão deturpada do que é sucesso. E essa sala maravilhosa mostra que também tem bom gosto. Já me influencia, inclusive no décor: quero um sofá assim!