Batom top – e cor linda: Revlon Colorburst Matte Balm

22 Mai 2015 — por Bárbara Resende

living-gazette-barbara-resende-beleza-batom-lapis-revlon-colorburst-matte-balm

Esse ano resolvi renovar meus batons: estava enjoada das cores e eu, apesar de me maquiar em todas as etapas, toda vez que saio, andava deixando os batons de lado – e como faz diferença quando você finaliza com um batom, mesmo que seja cor de boca. Comprei alguns, inclusive os famosos batons líquidos da Dailus, mas não me empolguei muito. Até conhecer o batom lápis da Revlon, o Colorburst Matt Balm, mais especificamente na cor 250, Standout Remarkable. Eu adoro esses batons nesse formato porque são super práticos – ideal para quem não tem o costume de usar todo dia – e esse da Revlon ganhou mais pontos ainda pela textura: super fácil de aplicar, cremoso e apesar de ter efeito mate, não deixa a boca ressecada, como acontece com os líquidos. É um batom muito confortável de usar. E a cor…. linda, bem pigmentada! Eu procurava um vermelho mais fechado e depois que vi a Vic Ceridono usando em um de seus vídeos, fiquei enlouquecida. Mas não foi nada fácil encontrar (comprei no Mercado Livre) e, surpresa, é idêntica a cor 08 Ballet da Dailus Pro que claro, já tenho! Só que prefiro bem mais a textura do Colorburst…ou dá para usar os dois para potencializar a cor. Mas como vermelho é um tanto ousado para quem está voltando a usar batom todo dia e também para uma rotina comum, estou querendo um tom mais clarinho. Ao todo são 10 cores.

living-gazette-barbara-resende-beleza-batom-lapis-revlon-colorburst-cores

Mas um alerta: são 3 texturas, a Matte Balm (a minha, que tem o conforto do balm mas com efeito mate), Stain e Lacquer (a embalagem é metalizada e o efeito é um gloss leve) e portanto é fácil confundir, até mesmo porque nas lojas virtuais você mal percebe a diferença no nome. Eu quase comprei errado, tanto a cor quanto o modelo.

Tem para vender na Sephora, na Dafiti e na The Beauty Box (a versão Stain), nas Americanas  e outras lojas.

Charme na decoração com objetos em porcelana

19 Mai 2015 — por Bárbara Resende

Decorativos mas muitas vezes de uso, os objetos de porcelana como vasos, potiches, caixas, centros de mesa, cinzeiros e até banquetas, tem me feito querer todos eles em casa, para espalhar em mesinhas, criado-mudo, aparadores, penteadeira, lavabo… São um charme, sozinhos ou em bando! E fiquei ainda mais enlouquecida com as novas peças que a Marcela Caio trouxe para a Theodora Home: em vários formatos, cores, preços e tamanhos, dá para deixar qualquer cantinho mais charmoso. (passe o mouse na imagem para os links de cada produto)

A linha Cashmere Rose (tem também em laranja claro) e a Maurice, em verde bandeira estão uma graça! Outra peça que é minha paixão desde que chegou à Theodora é o centro de mesa rosa com azul de Richard Ginori… lindo demais!

Não é para querer ter em cada canto da casa?

#Instadore: brilho, comidinhas e um pouco de décor

19 Mai 2015 — por Bárbara Resende

Novas ideias para colocar em prática na sua casa, cozinha, em um lanche à noite, na penteadeira, nos looks….

Os brilhos, as caixinhas vintage de vidro e aquele almoço com pães, queijos e batata frita estão no topo da minha lista! O cantinho decorado por Sig Bergamin também é um sonho…como adoro essa mistura incrível que ele faz!

Até a próxima semana!

Sapatilhas, amor eterno

18 Mai 2015 — por Bárbara Resende

living-gazette-barbara-resende-moda-calcados-sapatilhas-vinci-shoes-couro

Não há nenhum outro sapato que eu use tanto como a sapatilha: no verão, inverno, seja qual for o look, elas são sempre a minha primeira escolha. E claro, por usar tanto, eu adoro comprar, ter uma nova no meu armário. Não sou viciada em sapatos, sou viciada em sapatilhas! Por isso adorei quando a Vinci Shoes entrou em contato querendo mostrar a marca aqui no blog: eles só fabricam sapatilhas! Já conhecia a marca – suspirava pelos modelos com brilhos – e sempre me chamou a atenção a variedade: é tanta opção, cores, estampas e materiais que escolher uma só não é nada fácil!

living-gazette-barbara-resende-moda-calcados-sapatilhas-vinci-shoes-glitter

Todos os modelos tem interior de couro, que absorve a transpiração dos pés, além de ser mais confortável e durável. São produzidas artesanalmente, com materiais e acabamentos de primeira linha.living-gazette-barbara-resende-moda-calcados-sapatilhas-vinci-shoes-camurca

A linha mais vendida é a Colorful, de camurça, disponível em 16 cores! Todas super pigmentadas, adoro o vermelho, bem vivo, lindo! O lacinho dá o charme final.living-gazette-barbara-resende-moda-calcados-sapatilhas-vinci-shoes-basicas

As bicolores, de cores neutras e as metalizadas também são lindas – encomendei uma azul metalizada. Já a lace up é novidade (é a sapatilha da temporada, culpa da Chanel) e estou encantada pela nude, como é chique!

A Vinci não trabalha com coleções por estação: novos modelos chegam à loja online todo mês, que tem também um espaço outlet.

Uma de cada é pedir muito?

O apartamento de Tory Burch em NY

18 Mai 2015 — por Bárbara Resende

living-gazette-barbara-resende-decor-tour-tory-burch-apartment-ny-entrance

Não sei como ainda não tinha mostrado o apartamento de Tory Burch aqui no Living… fui me lembrar disso só agora, enquanto pesquisava para a série de posts sobre seu estilo de vida. Tory mora na verdade em um hotel, o The Pierre Hotel, bem em frente ao Central Park. Ela uniu nada menos que 3 apartamentos no quarto andar para transformar em um, sua casa, de pouco mais de 800m2. A decoração é exuberante, mas sempre com uma base mais tradicional, única em cada cômodo, nada sem graça. Cores fortes, estampas e o inusitado preenchem cada metro quadrado de seu apartamento, que é sempre uma inspiração para sair do comum!

living-gazette-barbara-resende-decor-tour-tory-burch-apartment-ny-living-room

Tory Burch adora laranja e usa muito a cor na decoração. Aqui na sala, paredes laranjas ganham a cia de muito vermelho em almofadas, sofás, cortinas e objetos. Não há duo de cores mais quente que esse! Isso deixa o cômodo bem aconchegante. Na mesinha de centro pilhas de livros ocupam a superfície com um generoso arranjo de flores. Tudo em larga escala, tanto no tamanho, quando na quantidade!

living-gazette-barbara-resende-decor-tour-tory-burch-apartment-ny-living-room

Na mesma sala, uma mesa redonda com toalha (adoro!) acomoda mais livros e objetos. O vaso com arranjo dá imponência.

living-gazette-barbara-resende-decor-tour-tory-burch-apartment-ny-hall

Na entrada, o aparador super tradicional (veio da Argentina) dá as boas-vindas

living-gazette-barbara-resende-decor-tour-tory-burch-apartment-ny-green-living-room

A famosa sala verde. O tom oliva, totalmente inesperado, potencializa o estilo formal e tradicional do cômodo. Reparem na mesa de centro: de vidro com folhas douradas dentro! Maravilhosa. Vasos em azul e branco, um toque de oncinha complementam a sala

living-gazette-barbara-resende-decor-tour-tory-burch-apartment-ny-blue-room

A sala azul…a repetição da estampa nas paredes e sofá a deixa única! Aqui duas fotos com uma mudança na mesa de centro: a primeira, na matéria para a Harper`s Bazaar em 2013 e abaixo, alguns meses depois, postada no blog da Tory Burch. Qual vocês preferem?

living-gazette-barbara-resende-decor-tour-tory-burch-apartment-ny-kitchen

A cozinha (bem americana) também mudou: antes o chão e a parte interna dos armários era em um tom de verde claro, agora é azul

living-gazette-barbara-resende-decor-tour-tory-burch-apartment-ny-the-pierre-hotel

Tory na entrada do The Pierre Hotel, onde mora

O estilo tradicional de Tory Burch quando o assunto é decoração ganha um update e ousadia pelo uso intenso das cores e estampas – e é isso que mais amo! Embora ela use uma base de estilo bem tradicional, ela sempre deixa cada cômodo bem diferente do outro, o que permite usar os gostos e criatividade em cada espaço.

Se inspirou?

Aguarde mais posts sobre o estilo de Tory Burch aqui no Living!